Inteligência Artificial

Inteligência Artificial é um termo utilizado para designar a capacidade de máquinas, especialmente computadores, processarem dados para simular as habilidades humanas de adquirir informações, tomar decisões e agir. Esse processamento de dados inclui a aquisição de dados (por leitura ou sensoriamento), a aprendizagem (regras de uso para transformar dados em informação), o raciocínio (regras para chegar a conclusões) e autocorreção. Com o aumento da capacidade das máquinas, principalmente em armazenagem e processamento, tarefas cada vez mais complexas podem ser executadas autonomamente, “empurrando” a barreira do que é considerado IA. O “efeito IA” remove da lista da IA atividades que vão sendo executadas por máquinas “comuns”. Como exemplo, o reconhecimento óptico de caracteres, que há alguns anos era um grande desafio, hoje pode ser considerado uma atividade rotineira. Ao mesmo tempo, o “efeito IA” inclui nessa lista, atividades há poucos anos inconcebíveis de serem executadas autonomamente, abrindo um grande número de oportunidades em diversos setores econômicos. A IA já oferece avanços incríveis, que apesar de ainda estarem muito aquém das possibilidades, vêm fomentando transformações profundas em alguns segmentos, por exemplo saúde, educação, finanças, legal, manufatura e serviços. Alinhada à esta tendência global, a hubz desenvolve novas aplicações apoiadas por Inteligência Artificial, principalmente para os segmentos de energia.